madrinha-do-autismo-lei-do-lacinho-vereadora-tania-bastos-rio-de-janeiro-tania-bastos
MENU

Vereadora participa da Caminhada de Conscientização no Leblon

Em sua décima edição, Tânia Bastos caminhou ao lado das Famílias Azuis, em prol da conscientização, após o período da pandemia do Covid-19, esse encontro marcou a retomada das Caminhadas do Mundo Azul. 

Emocionada a vereadora falou da importância para a Causa do Autismo:”Depois de tanto tempo estarmos juntos aqui é maravilhoso! Essas Caminhadas são simbólicas, muito temos que avançar, mas é inegável o poder que elas têm de informar. Quem passar por aqui hoje, vai pensar em inclusão e saber que o Autismo não é uma doença. Creio muito no poder da informação para a quebra das barreiras.”

Ao lado do seu filho Victor, Márcia Cruz falou da importância da Caminhada para a sua família: “Desde que ele nasceu vivemos momentos de muito medo e angústia, depois do diagnóstico, descobrir que outras pessoas também viviam o mesmo e como elas cuidavam dos seus filhos, o sentimento de solidão ficou menor. Sabe? Eu não era a única. Sempre que possível participamos desse encontro, de certa forma é um conforto e renova a gente.”

As Caminhadas fazem parte do Patrimônio Imaterial da Cidade do Rio, por uma Lei aprovada pela parlamentar. O objetivo é chamar atenção dos cariocas para a necessidade de discutir e se informar sobre a síndrome, consequentemente mais tolerância e empatia.

Tânia Bastos também é autora da Lei Nº6101/2016 que garante atendimento prioritário nos estabelecimentos públicos e privados às pessoas com o Transtorno do Espectro Autista (TEA), com o símbolo mundial do Autismo nas placas informativas, o Laço Colorido, que representa o mistério e a complexidade do Transtorno.

Por: Daniella Araújo (ASCOM Tânia Bastos)

Fotos: Carlos Henrique e Francisco (ASCOM Tânia Bastos)

cOMENTÁRIOS

Posts mais visualizados