Dia Mundial de Luta contra a Aids: Palácio Pedro Ernesto é iluminado de vermelho

Para celebrar o Dia Mundial de Luta contra a Aids, neste 1º de dezembro, o Palácio Pedro Ernesto, sede da Câmara Municipal do Rio, será iluminada de vermelho. Outros monumentos da cidade do Rio serão também iluminados de vermelho, como o Cristo Redentor, os Arcos da Lapa, o Parque Madureira e o Centro Administrativo São Sebastião, sede da Prefeitura do Rio.

A data faz parte do Calendário Oficial da cidade há dois anos, por iniciativa da vereadora Tânia Bastos (Republicanos), vice-presidente do Legislativo, autora da Lei nº 6.518/2019, que incluiu nas datas municipais o Dia da Campanha Municipal de Prevenção ao HIV/AIDS e outras infecções sexualmente transmissíveis, denominado Dezembro de Vermelho. “O objetivo é alertar a população sobre as medidas de prevenção, assistência e também de proteção, principalmente as pessoas que estão vivendo com o HIV”, explica a parlamentar.

A vereadora Tânia Bastos diz que, segundo o Ministério da Saúde, até 2019, cerca de 350 mil brasileiros já morreram por causa da doença, e mais de 850 mil pessoas vivem com o HIV no Brasil. “O assunto deve ser tratado com muita seriedade e responsabilidade. Criar ações de conscientização sobre a doença e evitar qualquer tipo de discriminação é dever de todo gestor”, ressalta.

Também nesta quarta-feira, a Prefeitura do Rio lança ainda a campanha Livre é Saber, que tem como objetivo estimular e conscientizar a população sobre a importância da testagem do HIV e o diagnóstico precoce para o início do tratamento e controle da infecção.

cOMENTÁRIOS

Posts mais visualizados