Diretora da Unidade Integrada de Saúde Mental da Marinha do Brasil é homenageada na Câmara

Pioneira na participação das mulheres nas fileiras das Forças Armadas, a Marinha constituiu um marco de grande repercussão na sociedade brasileira. Nesta manhã (18), tive o prazer de homenagear, com o Título de Cidadã Benemérita, a Capitão de Mar e Guerra e Médica Andréa da Costa Veloso – Diretora da Unidade Integrada de Saúde Mental na Marinha do Brasil. Além deste reconhecimento, outras três mulheres receberam Moções de Louvor e Aplausos: a Capitão de Mar e Guerra Lia Denise de Almeida Dornellas; a Capitão de Corveta Viviane Folster Mendonça; e a Suboficial Tatiana Baptista Fernandes.

“Há mais de 26 anos na corporação, a Dra. Andréa exerce com nobreza a árdua tarefa de liderar esta unidade de referência, com consistência e segurança, oferecendo o melhor atendimento para os pacientes com Transtornos Mentais”, destacou Tânia Bastos.

Com experiência internacional, além de médica, tem doutorado em Política e Estratégia Marítima pela Escola de Guerra Naval em 2020, e já recebeu condecorações relevantes como: a Medalha Militar de 20 Anos; a Medalha Mérito Tamandaré; a Medalha Ordem do Mérito Naval; e a Medalha Mérito Saúde Naval.

Em seu discurso, a Dra Andréa agradeceu o reconhecimento. “Muito obrigada pelo carinho. Reintero o compromisso de ser merecedora dessa homenagem junto a instituição e à população carioca”, concluiu a capitão de Mar e Guerra.

De acordo com a parlamentar, a homenagem foi concedida pela história de vida, dedicação ao trabalho e carreira brilhante da Dra Andréa Veloso.

Na Mesa de Honra, além das homenageadas, estiveram: o comandante intendente Ricardo Machado da Costa e o comandante médico Hugo Leonardo Rodrigues Soares.

Galeria de Imagens

Por Leticia Namorato – ASCOM Tânia Bastos

cOMENTÁRIOS

Posts mais visualizados