Notícias

Parlamentar recebe manifesto de repúdio dos conselheiros tutelares do Rio

tbconselheiros2A vereadora Tânia Bastos participou da reunião com representantes dos conselheiros tutelares, na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (8/9). Durante o encontro, eles entregaram o manifesto em repúdio à falta de sensibilidade do gestor público no cumprimento da obrigação da Lei Municipal 3282/01 em suprir as necessidades para a manutenção e funcionamento dos Conselhos Tutelares.

Segundo a conselheira de Santa Cruz, Irinéia Diolindo de Jesus, a falta de estrutura para o trabalho está em situação crítica. “Está faltando papel higiênico nas repartições. Lutamos desde 1993 para melhorar o atendimento às crianças e adolescentes de risco, mas nada mudou de lá para cá. Já estivemos aqui outras vezes, mas havia vereadores que não sabiam nem qual era a função dos Conselhos Tutelares”, denunciou.

Outros problemas denunciados foram o fechamento do Conselho Tutelar de Bangu e a necessidade de realizar uma audiência pública na Câmara. “Acredito que essa audiência é extremamente necessária. De qualquer forma, eu acabei de telefonar para o subsecretário de Assistência Social, Carlos Augusto, que me garantiu que haveria um repasse de 75 mil reais aos conselhos”, anunciou, mas os representantes querem saber quem vai gerir a verba. “Como ex-conselheira tutelar, eu sei bem a realidade dessas pessoas, por isso, devo agendar com o secretário Fernando William para discutir as propostas apresentadas por eles”, disse ela.

Compartilhe nas Redes Sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin