Notícias

Dia Internacional da Mulher: vereadora Tânia Bastos promove debate sobre o empoderamento das mulheres na Câmara do Rio

A vereadora Tânia Bastos (PRB-RJ) promoveu a primeira homenagem ao Dia Internacional da Mulher da Câmara Municipal do Rio de Janeiro com o debate “Empoderar as mulheres. Empoderar a Humanidade. Imagine!”, tema principal da Conferência Pequim Mais Vinte, que está sendo organizada pela ONU Mulheres, no próximo dia 9 de março, nos Estados Unidos.

O evento contou com as presenças da secretária especial de Políticas para as Mulheres da Prefeitura do Rio de Janeiro (SPM-Rio), Ana Rocha, das deputadas estaduais Tia Ju (PRB) e Enfermeira Rejane (PC do B), da presidente da Comissão OAB Mulher da 57ª Subseção da OAB Barra da Tijuca, Ana Beatriz Nogueira, da juíza titular do 1º Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher e auxiliar da presidência do Tribunal de Justiça do Estado o Rio de Janeiro, Adriana Ramos de Mello, e da consultora da ONU Mulheres, Gisele Netto.

DSC_0536 (Copy)A vereadora Tânia Bastos destacou a importância do encontro. “Conseguimos reunir representantes do Executivo, Legislativo, Judiciário e da sociedade civil para discutir sobre os avanços das políticas de gênero e o empoderamento das mulheres em diversos setores. Isso é importante para que possamos criar mecanismos efetivos e construir uma cidade mais tolerante e inclusiva”, avaliou.

A deputada estadual Enfermeira Rejane aproveitou para ressaltar a importância da parceria. “Estou assumindo a presidência da Comissão da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro e acredito que precisamos nos unir para acabar com esta sub-representação que temos nos espaços de poder e decisão mesmo sendo mais da metade da população”, afirmou.

Também deputada estadual, Tia Jú também fez coro com a parlamentar. “A presença de todas nós aqui desmistifica esta história de que as mulheres não são unidas. Irei integrar a Comissão da Mulher junto com a deputada Enfermeira Rejane e tenho certeza de que podemos marcar época assim como tantas outras que contribuíram para estivéssemos aqui hoje”, observou.

DSC_0556 (Copy)Já a presidente da Comissão OAB Mulher da 57ª Subseção da OAB Barra da Tijuca, Ana Beatriz Nogueira, relembrou a importância da entidade na luta pelos direitos humanos e fez um balanço do trabalho que está sendo desenvolvido pela instituição em defesa da mulher. “Estamos deslanchando com a Comissão da Mulher da OAB da Mulher da Barra, que é considerada a primeira subseção depois da capital, e esperamos que todas as outras subseções entrem neste barco difícil, mas que produz resultados”, disse.

A juíza titular do 1º Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher e auxiliar da presidência do Tribunal de Justiça do Estado o Rio de Janeiro, Adriana Ramos de Mello, anunciou que o TJ-RJ vai priorizar os julgamentos dos crimes cometidos contra a mulher, entre os dias 9 e 13 de março, quando começa a campanha “Justiça pela Paz em Casa”, liderada pela ministra Carmen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal.

“A melhor forma de o Judiciário contribuir com a questão da violência de gênero ainda é o julgamento. Além disso, uma série de iniciativas será apresentada à população com o objetivo de despertar, mobilizar e conscientizar a sociedade sobre a gravidade da violência de gênero”, disse ela, que apresentou dados estatísticos comprovando que o número de servidoras mulheres e juízas supera os homens na primeira instância.

DSC_0608 (Copy)Já a secretária especial de Políticas para as Mulheres da Prefeitura do Rio de Janeiro (SPM-Rio), Ana Rocha, ressaltou a relevância do tema em discussão. “Empoderar a mulher é empoderar o mundo. Esta é uma utopia que perseguimos, pois sabemos que o grau de desenvolvimento de uma sociedade é medido pelo grau de desenvolvimento de suas mulheres”.

Em seguida, a consultora da ONU Mulheres, Gisele Netto, explanou sobre a campanha de empoderamento da instituição e detalhou os doze tópicos principais que estão sendo trabalhados pelo órgão. “Até setembro iremos discutir questões evolvendo o empoderamento das mulheres, quando haverá um evento mundial para que os países assinem um termo de compromisso com as mulheres. É importante que todas fiquem atentas aos acordos estabelecidos pela ONU, pois eles dão resultados”, concluiu.

Antes de encerrar a solenidade, a vereadora homenageou a secretária da SPM-Rio, Ana Rocha, e a consultora da ONU Mulheres-RJ, Gisele Netto, com moções de louvor e reconhecimento.

Comentários

Compartilhe nas Redes Sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin