Notícias

Vereadora, Sociedade Brasileira de Mastologia e Fundação Laço Rosa se unem na campanha mamografia a partir dos 40 anos

A vereadora Tânia Bastos (PRB-RJ) participou de um encontro com o presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia, Dr. Ruffo de Freitas Júnior, nesta última sexta-feira. Médicos da Sociedade Brasileira de Mastologia de vários estados do país e a representante da Fundação Laço Rosa, Patrícia Bulle, também estiveram presentes. O objetivo da reunião era discutir a nova portaria do Governo Federal, nº 1253/2013, que restringe a mamografia para mulheres na faixa etária de 50 a 69 anos.

Pencontromastologiaresidente da Comissão Permanente de Defesa da Mulher da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, a parlamentar está preocupada com esta nova medida. “Vamos realizar uma audiência pública com o tema Mamografia a partir dos 40 anos: um direito de toda a mulher brasileira para debater este tema tão relevante para a nossa cidade. Hoje surgem 57 mil novos casos por ano, 35 pessoas morrem por dia, e o Rio, infelizmente, está acima da média nacional. Precisamos mobilizar o Poder Público, a sociedade civil e a classe médica para abraçar esta causa que envolve a saúde da mulher”, afirmou.

encontromastologia3De acordo com Dr. Ruffo de Freitas Júnior, o câncer de mama é o segundo tipo mais comum em número de casos no Brasil, só perdendo para o de pele. “Nós defendemos a realização da mamografia a partir dos 40 anos, já que alguns estudos apontam a redução da mortalidade do câncer de mama em até 35%, além de, através do diagnóstico precoce, as chances de curar poderem chegar a 95% dos casos. Tanto a experiência do consultório quanto os inúmeros estudos e acompanhamentos realizados pelos principais mastologistas do Brasil e do exterior comprovam que a idade ideal para o início do trabalho preventivo, via mamografia, é 40 anos. Vários são os fatores que contribuem para essa conclusão, um deles o próprio estilo de vida estressante atual, alimentação, entre outros, que contribuem para a manifestação da doença cada vez mais cedo”, concluiu o presidente.

O movimento #mamografiaapartirdos40 pretende mobilizar o maior número de mulheres possível. Para aderir, basta que as pessoas publiquem em suas redes uma foto com a plaquinha aderindo ao movimento #mamografiaapartirdos40, compartilhando com os amigos e contribuindo com a disseminação da informação. Participem!

Comentários

Compartilhe nas Redes Sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin