Notícias

Vereadora Tânia Bastos reivindica abertura de leitos vazios no Hospital Municipal Evandro Freire, na Ilha do Governador

discurso_evandro_freire3A vereadora Tânia Bastos voltou a denunciar os leitos vazios do Hospital Municipal Evandro Freire, na Ilha do Governador. Inaugurada em março de 2013 com a presença de várias autoridades de todas as esferas, a unidade ainda não funciona plenamente.

A parlamentar contou ainda que em audiência promovida pela Câmara do Rio com a Secretaria de Municipal de Saúde, ela indagou o secretário Hans Dohomann o porquê de o hospital operar apenas com 60% da capacidade e ele informou que a abertura progressiva da unidade está relacionada ao aumento da demanda e obedece a um cronograma.

“Hoje cerca de 40 leitos estão fechados, entre unidade intensiva e também de enfermaria. Constantemente recebo ligações de pessoas que dão entrada no local e a resposta que os munícipes têm é de que não existe leite disponível e devem entrar na fila do Sistema de Regulação (SISREG). Esses contribuintes aguardam ansiosamente por ter uma vaga em um leito, mas o cidadão necessitado de atendimento médico não entende, e muito menos seus familiares como pode uma pessoa que está ali debilitada, colocada nos corredores, ou em alguma unidade dentro do próprio hospital, precisando de um atendimento mais específico e a direção do Hospital diz que não há vaga sendo que há leitos vazios. É uma tamanha falta de consideração com o povo”, disse indignada a vereadora Tânia Bastos.

A vereadora lembrou as iniciativas tomadas por ela buscando solucionar o problema. “Já pedi o apoio da Comissão de Higiene, Saúde Pública e Bem-Estar Social desta Casa, fiz uma denúncia em um jornal carioca de grande circulação e também na televisão. Tudo está registrado em um relatório para o Ministério Público e até hoje nada foi feito. Como parlamentar, moradora da Ilha do Governador, sinto-me simplesmente de mãos atadas! Não sei mais o que fazer para chamar atenção das autoridades. É o bem estar, a saúde da população que está em jogo! Lamento profundamente a atitude do Prefeito e do Secretário Municipal de Saúde em não dar atenção àquele hospital. O equipamento é muito bonito, mas, infelizmente, não funciona como deveria”, concluiu ela.

 

Comentários

Compartilhe nas Redes Sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin