Notícias

Autismo: fachada da Câmara é iluminada de azul

A fachada da Câmara Municipal do Rio de Janeiro será iluminada na cor azul, durante todo o mês de abril. A iniciativa da vereadora e 1ª vice-presidente da Casa, Tânia Bastos, tem por objetivo a mobilização internacional em alusão ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo.


O dia 2 de abril foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) como uma data de reflexão para alertar sobre o distúrbio. Todos que abraçam a causa aderem à campanha com o intuito de levar a conscientização social sobre o transtorno à população. 


Neste mês, instituições do mundo inteiro iluminam seus prédios e repartições de azul em demonstração de união ao movimento. No Rio de Janeiro, o Cristo Redentor está entre as atrações turísticas que costumam aderir à mobilização. 

O que é o autismo? 


É um transtorno de desenvolvimento que compromete principalmente o comportamento, a interação social e as habilidades de comunicação. Os sintomas podem variar e começam a ser notórios antes de a criança completar três anos de idade. 


No Brasil, não há uma estatística exata, mas acredita-se que aproximadamente dois milhões de pessoas sejam autistas em algum grau. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a síndrome acomete cerca de 1% da população mundial. 
Como o transtorno é mais comum em homens, a cor azul foi escolhida para representar o distúrbio.


A vereadora Tânia Bastos é autora de ao menos oito leis que beneficiam a causa. Entre elas, a Lei nº 6101/2016 que determina aos estabelecimentos públicos e privados no município a inserir nas placas de atendimento prioritário o símbolo mundial do autismo.

Por Leticia Namorato

Foto: ASCOM Câmara Municipal dos Vereadores do Rio de Janeiro

Compartilhe nas Redes Sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin