Notícias

Medalha Chiquinha Gonzaga: defensora das causas femininas recebe homenagem

Em uma cerimônia reservada, a vereadora Tânia Bastos homenageou, nesta quarta-feira(10), no salão do Ministério Público, à procuradora de Justiça do Ministério Público do Rio, Carla Rodrigues Araújo de Castro, com a Medalha de Reconhecimento Chiquinha Gonzaga, por sua atuação relevante em defesa da mulher. Esta honraria é conferida às personalidades femininas que se destacam em favor da população carioca no âmbito da União, Estados e Municípios.

“A violência contra nós é real, somos as que mais sofremos em todos os cenários sociais. Um exemplo disso é a pandemia do Covid-19, que tem gerado mulheres encurraladas, violentadas e tendo que ver as suas famílias sofrendo até com a fome. Não podemos fechar os olhos! Por sorte, temos mulheres extraordinárias como a querida Carla, que dedica a sua vida para proteger outras mulheres”, discursou a vereadora Tânia Bastos.

A Dra. Carla também é autora de quatro livros publicados: ‘Juizados Especiais Criminais’, ‘Crimes de Informática’, ‘Prova Científica Exame Pericial do DNA e As Marias do Brasil’. É criadora do Projeto ‘Vamos Mulherar’, que conscientiza sobre a violência doméstica e a Lei Maria da Penha, por meio de uma página na rede social Instagram, com mais de 16 mil seguidores, Lives, palestras e um grupo no aplicativo Whatsapp. São quase 200 mulheres que trocam experiências, se apóiam e formam uma rede de ajuda e solidariedade.

“Neste mês em que lembramos o Dia Internacional da Mulher, fico muito feliz de receber esta medalha da Câmara Municipal, das mãos da vice-presidente, a vereadora Tânia Bastos – uma mulher que luta por outras mulheres. Assim como nós, no Ministério Público, no Judiciário, todas nós formamos uma rede de enfrentamento à violência doméstica”, ressaltou a promotora.

Por Leticia Namorato – Ascom Tânia Bastos

Comentários

Compartilhe nas Redes Sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin