Notícias

Comissão Permanente de Defesa da Mulher realiza debate com o tema CODIM-Rio: O Espaço da Mulher Carioca

DSC_0175

A convite da Comissão Permanente de Defesa da Mulher da Câmara, a Secretária Especial de Políticas para as Mulheres, Ana Rocha, e representando a Sociedade Civil, a Conselheira do Conselho de Direitos da Mulher, Marcelle Medeiros, participaram nesta terça-feira (029/03), às 9h30, de um debate público sobre o novo Conselho de Direitos da Mulher (CODIM- RJ): O Espaço da Mulher Carioca. O evento aconteceu no Plenário da Câmara Municipal do Rio de Janeiro e, na oportunidade, foram entregues Moções de Louvor e Aplausos para mulheres que realizam projetos sociais e de empreendedorismo.

A vereadora Tânia Bastos (PRB-RJ), fez a abertura do evento dando início ao debate, juntamente com as representantes do CODIM: Ana Rocha e Marcele Medeiros. A parlamentar destacou que a mulher deve lutar pelo seu espaço. “O lugar da mulher deve ser onde ela quer estar. Ela deve ser aquilo que deseja ser”, afirmou Tânia.

A secretária Ana Rocha comentou que o CODIM é uma conquista, resultado da luta feminina de mais de trinta anos por direitos iguais. “Para a mulher romper o ciclo da violência, ela precisa ter força, ter autonomia econômica, capacitação política, saúde integral e reforço na autoestima.”

Após o debate, a vereadora Tânia seguiu para a entrega de Moções, homenageando individualmente cada coordenadora e representante de projeto. O Raabe, representado pela coordenadora estadual Raquel Nascimento, é composto por voluntárias que dedicam a sua vida dando assistência às mulheres que carregam algum tipo de trauma e sofrem por marcas do passado; a Fundação Laço Rosa, trouxe a gerente Patricia Bulle para falar sobre a instituição que abraça com dedicação a causa do combate ao câncer de mama. A entidade abriga um banco de perucas online fornecidas às pacientes, que também recebem uma palavra de apoio de alguém que conseguiu vencer a doença.

Já o projeto Mão na Massa contou com a presença da sua idealizadora como representante. A engenheira civil e social Deise Gravina explicou que o objetivo da instituição é utilizar a força da construção civil para transformar a vida de mulheres em situação de vulnerabilidade social. “As mulheres trabalham melhor que os homens, porque são mais caprichosas e econômicas”, destacou.

A gerente Patrícia Bulle, da Fundação Laço Rosa, recebeu uma Moção em nome da instituição pelo trabalho relevante que tem feito na sociedade. “A fundação abraça com dedicação a causa do combate ao câncer de mama, apoiando as mulheres conforme as suas necessidades”, disse.

O Projeto Raabe foi representado pela coordenadora estadual Raquel Andrade que trouxe com ela 16 voluntárias atuantes no grupo. “Estas mulheres dedicam a sua vida dando assistência àquelas que carregam algum tipo de trauma e sofrem por marcas do passado”, ressaltou e explicou que as mulheres do seu grupo têm a sensibilidade de saber exatamente o que cada uma que chega até elas está sentindo, porque já sofreram direta ou indiretamente algum tipo de trauma, porém, hoje, estão curadas.

Deise Gravina, falou sobre a atuação das mulheres, do Projeto Mão na Massa, na construção civil, mas também mostrou através de um vídeo o fruto deste trabalho.

A vereadora encerrou a solenidade convidando todos a cantar o Hino da Cidade Maravilhosa. O CODIM, criado por lei, é um órgão permanente, com a finalidade de propor e monitorar políticas públicas, atuando de forma complementar. A Comissão Permanente de Defesa da Mulher trabalha emitindo pareceres para as propostas que envolvam o interesse das mulheres, promovendo audiências públicas, campanhas de conscientização e estabelecendo parcerias com os órgãos públicos e com a sociedade civil, sempre com o objetivo de contribuir para melhorar a qualidade de vida das mulheres.

Leticia Namorato/ ASCOM Vereadora Tânia Bastos

Fotos: André Barbosa

 

 

Comentários

Compartilhe nas Redes Sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin