Notícias

Vereadora Tânia Bastos participa da solenidade de entrega da Medalha Tiradentes à Fundação Mundo Azul

DSCF5636A vereadora Tânia Bastos (PRB) participou da entrega da Medalha Tiradentes – maior honraria concedida pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro – à Fundação Mundo Azul.

A iniciativa foi do deputado estadual Xandrinho (PV) que ressaltou a importância da solenidade. “Esta condecoração significa um marco da luta destas pessoas que não são políticas, mas buscam assegurar os direitos dos autistas através de ações como caminhadas, seminários, panfletagem, entre outros eventos”, afirmou o padrinho da causa. O parlamentar teve a atuação elogiada pelo colega Domingos Brazão (PMDB). “Não podia deixar de vir aqui para dar meu testemunho de como o deputado Xandrinho luta nesta Casa por vocês”, contou.

Já a madrinha do autismo, a vereadora Tânia Bastos foi convidada a entregar a medalha ao lado do anfitrião por defender a bandeira da conscientização do transtorno. “Fico emocionada em estar aqui neste momento tão importante para o grupo de pais do Mundo Azul. O objetivo desta Fundação é conectar o maior número de pessoas para garantir os direitos e a inclusão dos autistas. Em pouco tempo, eles conseguiram grandes resultados como reunir quase quatro mil pessoas neste ano na caminhada de conscientização realizada no Leblon, a aprovação da lei nº5389, de minha autoria e em parceira com eles, que trata sobre a divulgação da identificação do autismo infantil através de material impresso, e muito mais. Por tudo que estes pais vêm conquistando, esta homenagem é mais do que merecida”, observou ela.

Fundação Mundo Azul recebe a Medalha Tiradentes
Fundação Mundo Azul recebe a Medalha Tiradentes

O presidente do Lyons Clube do Leme, Carlos Esmeraldo, compôs a mesa de honra e contou do apoio incondicional da associação ao autismo. “Realizamos sempre a nossa caminhada para chamar a atenção para o autismo e continuaremos sempre ao lado de vocês”, disse. Já o membro fundador do Mundo Azul, Luciano Aragão, reivindicou mais políticas públicas elaboradas na cidade. “Nosso foco é o Rio de Janeiro. A capital carioca tem obrigação de ser referência. Entendemos que a conscientização é fundamental, pois se a sociedade não abraça o autista e não entende suas peculiaridades, esta criança será fatalmente segregada”, disse.

Fundação Mundo Azul recebe a Medalha Tiradentes
Fundação Mundo Azul recebe a Medalha Tiradentes

Presidente da Fundação Mundo Azul, Ilton Caruso, destacou a importância do trabalho de informação e apoio que a instituição realiza. “Quando tive o diagnóstico do meu filho Gabriel, eu não sabia o que era o autismo. Eu escutei de tudo. Os médicos disseram que meu filho não iria falar e nunca me chamaria de pai. Fiquei em depressão e os casais que compõe o Mundo Azul – a Denise e o Luciano Aragão, a Keyla e Geo – foram fundamentais para que eu decidisse seguir em frente e prometi ao meu filho que faria tudo por ele. Hoje percebemos o avanço dos nossos filhos e acreditamos que a informação é o primeiro passo para que os pais não se desesperem e possam procurar ajuda. Já distribuímos mais de 20 mil folhetos e esta é a nossa maior glória”, concluiu ele, que recebeu a Medalha em nome do Mundo Azul.

Comentários

Compartilhe nas Redes Sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin