Notícias

Dossiê Mulher 2013: violência contra a mulher ocorre no espaço doméstico

Os dados da oitava edição do “Dossiê Mulher” (2012) revelam que as mulheres são as maiores vítimas dos crimes de estupro (82,8%), tentativa de estupro (94,9%), calúnia, injúria e difamação (72,4%), ameaça (66,7%), lesão corporal dolosa (65,3%) e constrangimento ilegal (56,6%).

Grande parte dos delitos ocorreu no espaço doméstico e no ambiente familiar. O problema é que os números computados pelo Instituto de Segurança Pública não necessariamente refletem todos os casos ocorridos, o que pode gerar uma subnotificação. E nem todas as vítimas atendidas nos hospitais registram o ataque na polícia.
Segundo a presidente da Comissão Permanente de Defesa da Mulher da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, vereadora Tânia Bastos (PRB) é fundamental que a mulher denuncie. “”A Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180 –  funciona 24 horas, todos os dias da semana, inclusive finais de semana e feriados. As atendentes orientam sobre onde as mulheres podem recorrer, caso sofram algum tipo de violência, e fornecem muitas outras informações. A Central recebe ligações de celular pré-pago mesmo sem crédito/recarga. É essencial que as pessoas conheçam este serviço, pois assim podemos contribuir para a redução dos índices de violência”, concluiu a vereadora. Tânia Bastos.
Leia o Dossiê na íntegra
Comentários

Compartilhe nas Redes Sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin