Notícias

Relatório afirma que as mulheres não chegam a 20% dos cargos políticos

Mulheres no PoderSegundo o Relatório Anual do Observatório Brasil da Igualdade de Gênero – Mulheres, Poder e Decisão – elaborado pela Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM), em 2010, as mulheres são mais da metade e da população do eleitorado, têm maior nível de escolaridade, e representam quase 50% da população economicamente ativa do país. Entretanto, elas não chegam a 20% nos cargos de nível hierárquico no parlamento, nos governos municipais e estaduais, nas secretarias do Poder Executivo, no Judiciário, Sindicatos e nas Reitorias. Nas empresas, as mulheres ocupam o percentual aproximado de 20% de chefias.

A sub-representação das mulheres na política é uma realidade mundial. Segundo dados atualizados da União Interparlamentar (PIPU), que mede a presença feminina nos Parlamentos Mundiais, apenas 18,6% de mulheres ocupam cadeiras no Poder Legislativo nos 187 países analisados. O Brasil tem apenas 9% de deputadas e 12,3% de senadoras, ficando na 109ª colocação no ranking mundial da IPU.

Presidente da Comissão Permanente de Defesa da Mulher na Câmara do Rio de Janeiro e do PRB Mulher Estadual -RJ, a vereadora Tânia Bastos defende a maior participação das mulheres na política. “Ser mulher é lutar pelos seus ideais, por melhores condições de trabalho, por uma sociedade mais justa, é dar a vida pela sua família, amar incondicionalmente. As mulheres precisam se conscientizar da força política que elas têm. Podemos contribuir para a construção de um mundo melhor se começarmos a fazer a diferença na nossa família, bairro, comunidade”, concluiu Tânia Bastos.

Fonte: http://www.observatoriodegenero.gov.br/menu/relatorio-anual-2009-2010

Foto: maismulheresnopoderbrasil.com.br

Comentários

Compartilhe nas Redes Sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin