Notícias

Vereadora promove I Fórum Rio de Janeiro: uma cidade preventiva

Fórum Rio de Janeiro: uma cidade preventiva ao uso de drogasCerca de 30 pessoas participaram do I Fórum Rio de Janeiro: uma cidade preventiva ao uso de drogas, neste sábado, dia 24 de agosto, no auditório da Fundação Republicana Brasileira, em Benfica.

Integrante da Comissão Permanente de Prevenção às Drogas da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, a vereadora Tânia Bastos promoveu o evento que teve a participação da presidente da Instituição Brasileiros Humanitários em Ação (BRAHA), Mina Seinfeld de Carakushansky, do representante do programa Dose Mais Forte, Ayres Domingos e da psicóloga especialista em dependência química, Márcia Passarelles.

 Fórum Rio de Janeiro: uma cidade preventiva ao uso de drogasDurante o encontro, a professora Mina Seinfeld de Carakushansky palestrou sobre vários tipos de drogas, ensinou como perceber que uma pessoa está usando drogas e desmitificou alguns mitos sobre o tema. “Todas as pesquisas apontam que o maior usuário de drogas pertence às classes A e B. Somente 5% da população mundial faz uso de drogas, ou seja, ainda temos tempo de reverter esta situação através da prevenção”, disse.   

Fórum Rio de Janeiro: uma cidade preventiva ao uso de drogasJá a psicóloga especialista em dependência química, Márcia Passarelles destacou a importância de formar líderes no assunto. “É essencial capacitar agentes multiplicadores no campo da prevenção para que eles possam levar informação para suas comunidades, igrejas, ambiente de trabalho e possamos criar uma grande rede preventiva”, observou.

O representante do projeto Dose Mais Forte, Aires Domingos considerou o seminário muito positivo. “O Dose Mais Forte reúne jovens que venceram a dependência química através da fé e, hoje, levam seus depoimentos para auxiliar na recuperação de pessoas, por isso, todas as informações obtidas aqui são muito úteis para o nosso trabalho”, avaliou.

Fórum Rio de Janeiro: uma cidade preventiva ao uso de drogasPara a vereadora Tânia Bastos, o seminário foi um sucesso. “Fui conselheira tutelar e sei da dificuldade que é atender jovens dependentes químicos. Muitas vezes não estamos preparados para lidar com esta situação. Promover a discussão sobre este tema é fundamental para que possamos pensar em ações que possam transformar a nossa cidade em um modelo de prevenção às drogas, por isso, não vamos parar por aqui. Teremos mais eventos como este”, concluiu ela, que entregou moções de louvor e reconhecimento aos palestrantes.

Veja também nossa galeria de fotos

[nggallery id=42]

Comentários

Compartilhe nas Redes Sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin