Notícias

Tânia Bastos entrega Medalha Pedro Ernesto ao presidente da Record – RJ

hcg1A vereadora Tânia Bastos (PRB) entregou a Medalha Pedro Ernesto ao presidente regional da Record Rio, Carlos Geraldo Santana de Oliveira, nesta quarta-feira, 11 de agosto, no Plenário da Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

A emoção dominou toda cerimônia, que contou com a presença do senador Marcelo Crivella, desembargador Siro Darlan, deputado estadual Wagner Montes, diretor comercial da Record Brasília, Ewerton Machado da Silva, e da esposa do homenageado, Cristina Farias Barbosa de Oliveira. Eleito um dos melhores administradores do Brasil, Carlos Geraldo assumiu o jornalismo da emissora há sete meses. “Ele é um exemplo de generosidade, amizade e caráter”, ressaltou o ex-companheiro de trabalho, Ewerton Machado.

hcg2O apresentador da Tv Record, Wagner Montes elogiou a gestão do novo diretor. “A vereadora acertou em cheio em prestar esta homenagem, pois os funcionários estão muito felizes. O estilo visionário do presidente e a ousadia do nosso diretor comercial e de marketing, Thomaz Naves está contribuindo para o crescimento da audiência da Record”, afirmou.

hcg4Já o desembargador Siro Darlan, destacou a importância de se condecorar um comunicador social. “Vejo este profissional como o profeta da comunidade. Ele é o porta-voz do povo”, disse. O senador Marcelo Crivella aproveitou a oportunidade para defender a democratização dos meios de comunicação. “Carlos Geraldo tem uma missão muito maior do que entreter e informar. Ele deve lutar pela concessão pública e conduzir a Record neste caminho”, observou.   

hcg3Antes de entregar a maior honraria do Legislativo Carioca, a vereadora Tânia Bastos apresentou um vídeo com a trajetória de vida do homenageado e convidou os jogadores de futebol Edílson Corrêa, da Grécia, e Jocimar Duarte de Oliveira, campeão carioca pelo Botafogo, para entregar a camisa oficial autografa do alvinegro carioca. “Além de um profissional de extrema competência, Carlos Geraldo é uma pessoa que cativa a todos pela sua cordialidade e simplicidade. Por tudo isso, eu tenho a honra de oferecer esta congratulação”, justificou Tânia.

hcg5Com a voz embargada, Carlos Geraldo retribuiu o carinho dos amigos, colaboradores e da família que ocupava a primeira fila. “Seria impossível estar aqui sem Deus e o apoio dos meus familiares. Gostaria de dizer que não me sinto presidente da Record, mas motorista, administrador, jornalista, faxineiro. Tenho o hábito de visitar os setores para ouvir os meus colaboradores. O resultado de tudo isso é que ficamos 317 horas na liderança de janeiro a julho deste ano. Muito obrigado”, concluiu ele, para logo em seguida fazer uma declaração à esposa e entregá-la um buquê de rosas vermelhas.

Confira nossa Galeria de Fotos

[nggallery id=40]

Comentários

Compartilhe nas Redes Sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin