Notícias

Vereadora entrega Medalha Pedro Ernesto à ministra das mulheres, Nilcéa Freire

nilcea1A ministra da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, Nilcéa Freire, foi às lágrimas mais de uma vez durante a homenagem promovida pela vereadora Tânia Bastos para a entrega da maior honraria da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, a Medalha Pedro Ernesto, nesta sexta-feira (27/11).

Amigos, familiares e convidados ilustres estiveram presentes. Representando a Secretaria Municipal de Assistência Social, Jurema Batista, foi a primeira a subir à tribuna. “Quero parabenizar a vereadora por ter dado continuidade na luta para que a Comissão Permanente de Defesa da Mulher saísse do papel e à Ministra por ter conseguido popularizar as ações do Ministério”, disse.DSC03198

Em seguida, foi a vez de a deputada estadual Inês Pandeló discursar. “Antes de chegar ao mais alto escalão do governo federal, Nilcéa foi pesquisadora. Por isso, ela conhece de perto a realidade do povo e luta por ele”, destacou.  Já a deputada federal, Cida Diogo, elogiou a atuação da gestora. “Ela tem conseguido tirar água de pedra com o parco recurso que a secretaria possui, mas é, sem dúvida, quem mais propõe emendas parlamentares em prol das mulheres”, destacou.

reitorO amigo e reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Ricardo Vieiralves, lembrou de como conheceu a homenageada. “Lembro que meu irmão estava estudando e me deparei com uma professora jovem e muito bonita: era a Nilcéa. Logo depois, ela já estava inserida no movimento estudantil. Sempre foi boa oradora e durante uma disputa entre chapas na faculdade, ela contou sua história e emocionou a todos. Lembro que a minha chapa perdeu de 80% a 20% por causa dela”, recordou com carinho.

A mesa e o bendito fruto

mulheresA Coordenadora Especial de Promoção e Política para Igualdade, Terezinha Lameira, a Secretária de Estado de Assistência Social, Benedita da Silva, a Defensora Pública responsável pelo Núcleo de Defesa da Mulher, Arlanza Rebello, a Superintendente do Conselho Estadual da Mulher, Cecília Soares, marcaram presença na mesa do evento e também fizeram referência aos avanços conquistados com a Secretaria como o segundo plano nacional de políticas públicas voltadas para as mulheres e os programas desenvolvidos.  

secelo Único homem presente era o Secretário Especial de Promoção e Desenvolvimento Econômico Solidário, Marcelo Henrique Costa, que brincou com a situação. “Quando estávamos nos preparando para entrar neste plenário, alguém fez uma piada dizendo que eu era o único representante masculino e estava inserido no sistema de cota. Mais do que isso. Estou aqui como um amigo e alguém que conhece a Nilcéa há 16 anos, quando fui assessor dela na UERJ e aprendi a ser gestor”, contou ele, que ainda anunciou a parceria com a ministra para implementar o programa de capacitação de mulheres para trabalhar na construção civil.

 Medalha Pedro Ernesto

ministra2Presidente da Comissão de Defesa da Mulher, a parlamentar Tânia Bastos ficou emocionada e embargou a voz ao falar de Nilcéa. “Quando pensei em homenagear a Minstra Nilcéa, eu pensei que independente do partido que defendemos, nós somos de um único partido: o das mulheres. Por isso, quero entregar à mãe do Marcus e do Pedro, a minha conterrânea da Ilha do Governador, a carioca, ministra Nilcéa Freire, a maior honraria desta Casa de Leis: o conjunto de Medalhas Pedro Ernesto”, anunciou.

ministra3Para finalizar, a ministra também foi à tribuna fazer um discurso emocionado. “Confesso que não conhecia a vereadora Tânia Bastos antes deste dia, mas acredito que seu olhar de forma suprapartidária só engrandece seu mandato”, elogiou.

Nilcéa também fez questão de agradecer a todos os presentes e chorou ao lembrar do período que viveu exilada no México. “Quero dizer que sou uma pessoa muito feliz porque tenho uma família linda e agreguei outras famílias como a UERJ, meu partido e a imensa rede de mulheres que estou convivendo desde 2004. Nunca imaginei que chegaria até aqui. Quando entrei para o movimento estudantil, eu sonhava com um país democrático e que meus filhos pudessem crescer com liberdade e não passar por tudo que tivemos que enfrentar. Hoje, eu ainda sonho, mas desta vez é para que minha neta Júlia viva em um Brasil mais igual. Gostaria de agradecer a todos e quero abraçar cada um presente aqui”, concluiu.

Confira os melhores momentos na nossa galeria de fotos

 

 

Comentários

Compartilhe nas Redes Sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin